O que é Pólen?
Outras vantagens
Como e Porque as abelhas coletam Pólen?
Pólen desidratado coletado por abelhas



Algumas propriedades do Pólen


As seguintes qualidades principais são encontradas no pólen:

•Retardador do envelhecimento.

•Regenerador das funções orgânicas e psíquicas.

•Catalisador de energia e saúde.

•Prevenção e tratamento de doenças degenerativas e infecciosas (possui propriedades antibióticas comprovadas).

•Excelentes para atletas, dançarinos, artistas e intelectuais de um modo geral.

•Promotor do desenvolvimento físico e mental de crianças e adolescentes.

•Útil na prevenção do Stress, cansaço físico e mental, perda de memória, e falta de concentração.

•Melhora das condições psíquicas, proporciona maior interesse pela vida, melhor aproveitamento do sono e humor mais positivo.

•Prevenção da debilidade sexual, impotência, certos tipos de esterilidade masculina e feminina; (Foram observados diversos casos de cura de impotência masculina, bem como a melhoria acentuada no desempenho em pessoas normais).

•Prevenção de problemas de próstata e gênito - urinários, sendo usado na Rússia, França, Suécia e Japão como principal medicamento em problemas de próstato - vesiculites.


O que é o Pólen?

 


Pequeno grânulo de dimensões microscópicas, em média 50 micra, o pólen é o elemento reprodutivo masculino das plantas mais evoluídas do sistema biológico vegetal.

Produzido pelas anteras, situadas no final extremo dos estames, que é o órgão sexual masculino das flores.

A função do polinizador é transferir os grãos de pólen das anteras para o estigma que é parte do órgão sexual feminino das flores.

Dentre as mais de 20.000 espécies de abelhas do nosso planeta, são elas o grupo de agentes mais importantes que efetuam a polinização das flores.

A função do polinizador é transferir os grãos de pólen da antera para o estigma das flores.

Salvo algumas espécies vegetais que são polinizadas pelo vento, por pássaros, todas as outras são polinizadas por insetos.

As abelhas são, dentre os insetos, os polinizadores mais eficientes devido a sua constância e fidelidade à coleta e também pelo seu reconhecimento de cor e sua memória de odor.

É de vital importância a polinização das plantas pelas abelhas, não só para o meio ambiente, porque garantem a perpetuação das espécies vegetais, mas também para a agricultura, por aumentarem sensivelmente a produção de frutos e sementes.

Outras vantagens


Russos que vivem mais de 100 anos
Quando o professor Nicolai Vasilievich Tsitsin, biólogo e botânico, associou-se ao Instituto de Longevidade da antiga URSS, fez um estudo das pessoas centenárias das montanhas do Cáucaso, na província russa da Geórgia, procurando alguns aspectos em comum entre muitos georgianos que viviam entre 100 a 150 anos.

Assim, o Dr. Tsitsin descobriu que essas pessoas eram geralmente apicultores e os produtos da colméia eram sua principal alimentação: Geléia Real, Pólen e Mel.

Uso de Pólen por atletas
Depois das Olimpíadas de Monique em 1972, foi revelado que o finlandês Lasse Viren, vencedor das corridas de 5 mil e 10 mil metros, tinha tomado pólen regularmente por anos. Entre os treinamentos e competições, todos os dias ele tomava de 4 a 10 cápsulas de Pólen. Após essa constatação, o uso de Pólen entre os atletas finlandeses tornou-se comum. Muitos atletas americanos e de todo o 1º mundo também fazem uso do Pólen.

Proteção contra Radiação e Radioterapia
Várias pesquisas científicas realizadas com animais em laboratório, comprovaram que após terem ingerido pólen, foram protegidos mesmo em exposição a altas doses de radiação. A Rutina, uma das substâncias do Pólen, também encontrada na Própolis, é um glucosídeo que aumenta a proteção contra radiações atômicas. Para pessoas que se utilizam de radioterapia anticâncer, a Rutina pode ajudar contra efeitos indesejáveis.

Pólen como Anticancerígeno e Antitumores
O U.S. Department of Agriculture (USDA) pesquisou e concluiu que "a ingestão de Pólen retarda o desenvolvimento de tumores mamários". Deste modo, o Pólen é útil para a prevenção do câncer e limita o desenvolvimento de tumores. Um relatório do USDA, publicado no Journal of the National Cancer Institute (outubro de 1948, p. 119 a 123) diz: "Estes resultados indicam que o desenvolvimento de tumores mamários em ratos podem ser influenciados pela ingestão de Pólen. Sugere-se que o uso padronizado dos princípios ativos do Pólen poderia produzir enormes retardamentos no desenvolvimento de tumores mamários. Esses experimentos foram baseados em postulações de que o Pólen contém um princípio anticancerígeno que pode ser adicionado à dieta."

Pólen contra as Alergias
O médico alergista Dr. William G. Petersen sustenta que mais de 22 mil de seus pacientes, nos Estados Unidos, estão tomando pólen junto com sua medicação costumeira para aliviar os sintomas da alergia. Muitas pessoas são alérgicas ao Pólen anemófilo ou pólens que são carregados pelo vento e pelo ar. O Pólen coletado e processado por abelhas ajuda a imunizar o organismo contra a alergia ao pólen anemófilo.

Pesquisas Francesas
Cientistas franceses indicam que o pólen de abelhas, conhecido na França como popular ativador sexual, é também usado para curar desordens intestinais, psicoses, neurastenias, retardo no crescimento, hemorragia cerebral, perda de memória, debilidades gerais, disfunções cerebrais na criança e para reduzir o tempo de convalescença dos doentes. Médicos europeus iniciaram experiências com o Pólen como agente medicinal depois da Segunda Guerra Mundial. Eles descobriram que o Pólen é um forte estimulante biológico com altíssimas propriedades terapêuticas. O pólen ajuda na regeneração das células.

Usado em experimentos com idosos, o pólen restaura o ânimo, recupera o bem-estar físico e mental, aumenta o vigor sexual e devolveu a saúde física para todos que estavam sendo examinados no laboratório durante aquelas experiências.

O Dr. Naum Joirisch, autor do livro "Bees in the service of Humanity" (Abelhas a serviço da Humanidade), credita ao pólen de abelhas melhora na cura de colite crônica, distúrbios do sistema endócrino e algumas desordens do sistema nervoso. O pélen de abelhas tem pouquíssimas calorias e sódio, e sendo completamente de origem vegetal, não tem colesteral.

Como e Porque as
abelhas coletam Pólen?

 


A abelha coleta o pólen das flores, que adere aos pelos do seu corpo quando em contacto com os estames, escovando-se com os "pentes tibiaís" e aglutinando os grãos em "bolotas" ou grânulos, que são transportados nas corbículas das patas posteriores.

Transporta-o para a colméia, onde é depositado nos alvéolos dos favos, sendo comprimido pela cabeça das abelhas operárias, para obter uma massa compacta. Essa massa sofre transformações, não só pelo alto índice de umidade e temperatura interna da colméia, que gira em torno de 35ºC, mas também pela ação de secreções salivares das abelhas, ricas em enzimas, e misturadas com néctar.

Ao término destas transformações esta massa é denominada "pão das abelhas".

Este "pão das abelhas" é por elas utilizado como alimento protéico desde o período larval até o final de sua vida adulta.

O pólen é o "GAMETA MASCULINO DAS PLANTAS" ou seja, a substância masculina de fecundação de todas as plantas que dão flores. Conforme análises feitas por cientistas e biólogos, "É UMA DAS SUBSTÂNCIAS MAIS RICAS E COMPLETAS ENCONTRADAS NA NATUREZA." Contém todos os elementos essenciais à vida, tanto vegetal quanto animal. As abelhas o coletam para a sua alimentação sem a qual a colméia se extingue em pouco tempo.

Seu emprego recomenda-se onde quer que seja necessário um NUTRIENTE CELULAR do mais alto valor, atuando em todos os níveis, principalmente no sistema glandular e no sistema nervoso central.

Pólen desidratado
coletado por abelhas

 

Na coleta do pólen, as abelhas carregam de 7 a 15 mg de pólen por vôo, com tempo de formação de 3 à 5 minutos.

Podem fazer em média 20 viagens por dia, conforme a florada, correspondendo a 300mg / dia / abelha (dados europeus) numa distância de 400 à 500 metros do apiário.

Para coletar 1Kg de pólen uma abelha faria de 60 à 100 mil viagens, tendo que trabalhar para isto em torno de 10 anos.

O pólen é um dos melhores alimentos, tônicos e bioenergéticos naturais conhecidos pela ciência, até os dias de hoje. Seu uso constante auxilia nosso organismo contra o envelhicimento precoce, mantendo-nos saudáveis e ativos até idades avançadas. O hábito de usá-lo constantemente, mesmo em quantidades pequenas, é extremamente salutar e aconselhável.
Composição do Pólen
Em análise química, em cada 100g, o pólen apresenta em média os seguintes elementos:

• Proteínas - 15,0 a 30,0%
• Aminoácidos livres - 10,0 a 13,0%
• Lipídeos - 1,0 a 5,0%
• Carboidratos - 20,0 a 40,0%
• Açucares red. - 24,0 a 26,0%
• Açucares não red. - 2,0 a 4,0%
• Fibras - 3,0 a 5,0%
• pH - 4,7 a 5,2
• Sais minerais - 2,5 a 3,5%

Vitaminas:
Tiamina, Riboflavina, Nicotinamida, Ácido Pantotênico, Piridoxina, Meso-inositol, Biotina, Ácido Fólico, Cianocobalina, Ácido Ascórbico, Vitamina D, Tocoferol, Caroteno.

Os Aminoácidos presentes são:
Ácido Aspartico, Ácido Glutâmico, Alanina, Arginina, Cistina, Glicina, Histidina, Isoleucina, Leucina, Lisina, Metionina, Fenilalanina, Prolina, Serina, Treonina, Triptofano, Tirosina e Valina.

Sais Minerais:
Cálcio, Cloro, Magnesio, Fósforo, Silício, Enxofre, Ferro e Potássio.